Os do "Continente" é que a sabem!

Quintarantino - 07.05.2008

Segundo veicula a imprensa, nomeadamente o jornal “Público” – Continente apoia Ambiente – o “Continente” colocou à venda 100 mil árvores e outros produtos verdes para incentivar a valorização da natureza e do ambiente.
A iniciativa decorre até 15 de Junho e insere-se no projecto Hipernatura para requalificar jardins de 20 cidades do Norte ao Sul do país.

De acordo com o jornal “as árvores podem ser obtidas pelo valor simbólico de dois euros, e pode-se escolher entre três espécies de coníferas: ciprestes, cedros do Buçaco e pinheiros. As árvores têm menos de um palmo de altura e vêm dentro de uma caixa de plástico” assim como também “foram postos à venda outros produtos como toalhas, sacos e malas (Eco Bags e Tela Bags) feitos de material biológico ou reciclado”.

Nada tenho contra a defesa do ambiente, antes pelo contrário, e até me entretenho com umas floreiras, agora não era muito mais curial o senhor Belmiro de Azevedo mandar oferecer as árvores?
Claro que não; eles vendem aquele material todo, embolsam algum e depois ainda vão buscar mais algum ao abrigo do Mecenato, não?

3 comentarios:

Dalaila disse...

eles não dão nada a ninguém, aproveitam o marketing do ambiente, para vendar as arvorezitas, que devem ter o tamanho mesmo de 2 euros

lusitano disse...

Um sujeito à conta da árvore que já lhe custa dinheiro, ainda vai comprar uma pá, um saco com terra, um saco de adubo, um livro com instruções e por aí fora...
Até me espanta a campanha não ser dedicada às crianças, porque já se sabe que elas haviam de "chatear" os pais para comprarem as benditas árvores.
E claro, um cedro do Buçaco fica sempre lindo num apartamento da avenida de Roma...
Gaita que isto é que eu sou mal dizente....

Tiago R Cardoso disse...

Pois, ambientalistas mas com calma, o senhor Belmiro não gosta de exageros.

Tudo tem um valor, tudo pode ser vendido e tudo pode dar lucro.