Obrigado, Rui

António de Almeida - 12.05.2008


Esclareço, em primeiro lugar, que não sou benfiquista, mas não posso deixar passar em claro o adeus de um grande profissional de futebol, o maestro Rui Costa que tanto deu ao futebol português, em particular à Selecção Nacional.

Ainda em júnior foi ele que apontou o penalty decisivo que deu a Portugal o Mundial sub-20 em 1991, para. mais tarde, numa noite em Novembro de 1995 marcar um golo à República da Irlanda, daqueles de levantar um estádio, que colocaria Portugal no Euro 1996.

Pelo meio acompanhei com interesse o seu percurso "italiano", conquistando tudo o que havia para conquistar no A.C.Milan; contudo, o melhor do seu futebol ficou em Florença, onde Rui e Gabriel Battistuta transformaram a visita de qualquer adversário ao Artémio Franchi no inferno, Rui assistia, Gabriel matava, os adversários tombavam, e foram muitos.

Em Portugal só jogou no Benfica, onde apenas se sagrou uma vez campeão nacional ainda em início de carrreira, depois, como todos os talentosos jogadores portugueses, não existe dinheiro para lhes pagar o justo valor, pelo que Rui tal como muitos outros demandou outras paragens. A sua postura, a maneira correcta como sempre esteve no futebol dentro e fora de campo valeu-lhe a estima de companheiros e adversários, sendo sem dúvida o jogador da sua geração com maior estatura moral, ao contrário de outros igualmente talentosos, mas que fora do campo não chegaram aos calcanhares do Rui em termos de dignidade.

Pelo muito que deu ao futebol português, obrigado Rui!

4 comentarios:

quintarantino disse...

Qualquer desportista, independentemente da sua cor clubista, deve reconhecer o inegável papel de Rui Costa no futebol lusitano, italiano e mundial.

E sempre teve uma lisura de processos e comportamentos de assinalar.

Elucido ainda que Rui Costa, em Portugal, se não considerarmos apenas a I Divisão, também jogou no Fafe.

Dalaila disse...

eu não sou benfiquista, muito pelo contrário, mas de facto este jogador marcou-me, ontem tive pena que não tivesse marcado um golo, acho que é um jogador muito digno e com muita raça.

Blondewithaphd disse...

Não gosto muito da apologia a craques da bola, mesmo quando são do meu Benfica, mas sim, pelo menos não lhe conhecemos falta de fair play.

Tiago R Cardoso disse...

Muito bem, um enorme obrigado ao Rui Costa por tudo aquilo que deu ao futebol, pela forma como andou nos relvados.