Façam pouco barulho, que o mundo está a dormir.

Tiago R Cardoso - 05.05.2008

Existem países que dão e impressão que nasceram do lado errado, as desgraças são muitas.

Um povo martirizado por um regime sanguinário, debaixo da “pata” de uma Junta Militar, aceite sossegadamente pelo mundo, é atingido por mais uma desgraça.

Um último balanço da situação provocada pela passagem do ciclone Nargis pela Birmânia indica que podem ter morrido 10 mil pessoas, e não quatro mil como tinha sido avançado.

Mostrando a sua “humanidade”, a Junta Militar, no Governo, já avisou que não vai adiar o referendo marcado para 10 de Maio, e que tem como objectivo aprovar uma nova Constituição de cariz militar.

Dorme sossegado mundo, dorme, que está tudo bem!

10 comentarios:

quintarantino disse...

Enquanto a China quiser, e nós nos calarmos assim será!

Compadre Alentejano disse...

Há povos que, de uma maneira ou por outra são esquecidos, este é um deles. Enquanto a China quiser, vai continuar tudo na mesma, ou seja, nas mãos dos ditadores militares.
Porque será que o sr.bush não se preocupa com estes povos?
Um abraço
Compadre Alentejano

lusitano disse...

A comunidade internacional nada fez e nada vai fazer, tal como no Zimbabué onde se prepara um "banho de sangue" de dimensões incontroláveis...
Não é só o sr. Bush que tem culpa, são todos os governantes, sobretudo dos estados que se dizem ricos ou poderosos...

calminha disse...

o mundo está a gerir-se por interesses e não por valores, o ser humano é mais uma coisa ...k pena...mas não podemos dormir cada um de nós faz parte deste mundo, ainda que pareça k nao vamos resolver nada.
bj

Tiago disse...

Sim... E no entanto, parece que só há ditadores em Cuba, no Irão e na Venezuela...Deixam-se esses bandidos da Birmânia, mais os Mugabes todos de África à solta, simplesmente porque agradam aos homens do poder!

TCHI de Tchivinguiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
TCHI de Tchivinguiro disse...

Quanta frieza e falta de humanidade pulula pelo mundo.


Beijinho para ti, Tiago.

tulipa disse...

OLÁ TIAGO
Já num outro dia te convidei para visitares o meu novo blog, mas...não te vi por lá;
eu era kalinka e agora transformei-me numa Tulipa, na Primavera!!!
Mas lá, no novo blog é proibida a palavra antiga-kalinka.

Não era um ramo de flores
Era um jardim pleno de sabores
Feito de espaços e abraços
De cores e de calores
De vermelhos como os amores....

É isso, estamos na Primavera!!!
Adoro flores e jardins cheios de cores.

Boa semana. Beijo.

Paulo Vilmar disse...

Tiago!
E, ainda ficaram em dúvida se aceitavam a ajuda internacional!
Abraços

Marcos Santos disse...

Ditaduras são heranças dos colonizadores. Invariavelmente, a retirada do colonizador, deixa um usurpador em seu lugar. Ordens milenares, que são quebradas por conquistadores, não conseguem em poucos anos restabelecerem-se. O resultado é esse.