1 de Maio - Dia do trabalhador

Tiago R Cardoso - 01.05.2008

Hoje é o dia 1 de Maio - Dia do trabalhador.

Hoje os trabalhadores saem à rua, ontem 400 da Yazaki Saltano foram para a rua, estes não levavam cartazes nem bandeiras das Centrais Sindicais, levavam uma parca indemnização, um pontapé e um adeus e vai-te embora.

Hoje todos sairão a manifestar-se, avançar as já tradicionais palavras de ordem, uns sairão para a rua para protestar contra a precariedade dos postos de trabalho, contra o desemprego, contra os baixos salários, outros sairão para protestar pela perda de privilégios.

Teremos na rua o trabalhador, aquele que não tem voz, mas que tenta falar, que quer participar e lutar melhores condições, não só condições pessoais mas condições para os trabalhadores em geral.

Hoje sairão ás ruas e subirão aos palcos aqueles que querem ser a voz do povo, que dizem defender o trabalhador, que se dizem ou se acham lideres de massas, gritarão palavras de ordem e do alto das suas tribunas, dirão ser o povo.

Outro descerão ás ruas vindos do alto do seus partidos, dirão que sentem o que sente o povo que ganha o salário mínimo, eles que são lideres políticos mas que não “vergão a mola” à trinta anos, como disse um recentemente numa entrevista.

Entretanto nós cá continuamos, servindo de bolas para esses senhores praticarem ténis de mesa politico.

6 comentarios:

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Pena Tiago, já não é mais meu dia!
Aposaentei-me, hoje sou um blogueiro desocupado, não mereço o 1o. de Maio!!
Vou me contentar com o dia do Pais e do Avô!!

Abraços a todos

Marcos Santos disse...

Discordo Santilli
"Blogueiro" é um trabalho. Pode não prestar pra nada, mas é trabalho.

Tiago
Aproveitem enquanto algo parecido com o PT não assume seu país e transforma todos os sindicatos e centrais sindicais em pelegos. Gritem enquanto os sindicalistas ainda estão do vosso lado, pois pode vir o dia em que estarão tão infiltrados no estado, que não terão interesse em defender os trabalhadores verdadeiros.

joshua disse...

Já veio esse dia.
E já não somos trabalhadores, mas colaboradores. Blogo, logo Insisto.

PALAVROSSAVRVS REX

Denise BC disse...

Tiago
Fique sabendo que aqui nós só aproveitamos o feriadão e nada mais.

Bjs,
Denise BC

C Valente disse...

Hoje não há tanto para comemorar, cada vez a força de trabalho é mais desprezada pelo capital e pelos governantes, pois muitas das vezes a suor do trabalho não paga o pão de cada dia
Hoje como ontem devia ser de união e luta, e o que vemos
Saudações amigas

quintarantino disse...

Hoje não se devia comemorar, devia-se lutar.
Até à exaustão e para que não seja preciso pegar em armas!