Diário de bordo - Que se lixe a ponte e o aço !

Que se f*** lá o aço, estava eu tão sossegado a recuperar e um gajo mandou-me ir trabalhar com a perna toda lixada, e ainda levei com um "são normas, tem de ser, eles é que mandam!"

Pois mandar, mandam, mas eu é que tenho as dores…

A chegada da sirene de saída, no caso, a voz da besta do encarregado, é um das mais belas melodias que eu alguma vez ouvi. Digo-vos que só o alívio de tirar a bota de protecção, é simplesmente um momento divinal.

Olhem que eu não estou a exagerar, é que a voz do fulano é daquelas que faz o barulho das máquinas parecer uma orquestra sinfónica.

E agora eis o momento... já em trajes à civil, e sentado em frente a uma bela feijoada, uma cervejola, raios, tive a infeliz ideia de ligar a televisão!

Reconheço que dado o cansaço estava só numa de ver as imagens, o meu espírito ainda estava a cortar aço, coisa que passa lá mais para tarde, por isso tanta agitação estava a passar-me ao lado.

Recuperei do aço, após mudar várias vezes de canal, três noticiários, três directos e eu ingénuo, um pouco desfasado dos acontecimentos mais mediáticos, pensei "Eh lá!!! Temos aqui uma notícia de arromba, tanto mediatismo e reportagem, deve ser algo de transcendente."

Então eram reportagens, directos atrás de directos, uns de um lado do Tejo, outros da outra margem, diferentes opiniões, quem é a favor, quem é contra, quem adorou, quem ficou desiludido, especialistas a dar opiniões (já cá faltavam), um enorme encher de "chouriços" como diz o povo.

Entretanto veio a grande revelação, o segredo da Humanidade que estava na posse de José Sócrates e o seu Governo, a nova ponte sobre o Tejo vai ligar Chelas/Barreiro e, mais uma vez para defender a causa, o iluminado, o estadista, o Sr. Ministro Mário Lino.

"Tanto barulho para dizer aquilo que horas antes o António Costa já tinha dito?", pensei entre uma grafada de feijoada e um gole de cerveja.

Regressando ao ecrã: "A ponte será parecida com a Vasco da Gama, mas também serão usadas técnicas da 25 de Abril, mais propriamente ao nível de aços e sua aplicação."

Alto lá, quer dizer, para alem de aborrecerem o pessoal com isto ainda me falam do aço?

Desliguei, empurrei tudo com um café e fui apanhar sol!

Que se f*** o aço !

14 comentarios:

lusitano disse...

Ah, mas não vamos ficar por esta ponte...vamos ter mais uma com certeza só para comboios e depois se calhar mais uma só para maratonas e "passeantes"...
É fartar vilanagem...
No Porto já quase não se consegue ver o rio Douro por que está tapado pelas pontes, e o Tejo não lhe quer ficar atrás...
Estive três dias em Viana do Castelo e perdi-me...
São tantas as Autoestradas que um gajo "nã" sabe para que lado se virar...
É o século do aço e do betão...

Carol disse...

Ó homem, quanto ao aço já não digo nada porque ele está aí, é o século dele, mas tu andas c deixar-me preocupada!

Começo a achar que só comes feijoadas e francesinhas! Tu vê lá esses níveis de colesterol!

joshua disse...

Tiago, com esta decisão, vais ter de cortar ainda mais aço e fazer horas extraordinárias.

Abraço

PALAVROSSAVRVS REX

antonio disse...

Ó Tiago então tu pensavas queas regras eram só para os professores? Via trabalhar malandro.

Qunato à notícia, o espanto é fácil de explicar: é que desta vez não se tratava de mais uma ponte sobre o rio Douro, mas no Tejo... chega de Lisboa andar a pagar as pontes dos outros! Esta é nossa!

E por questões de integração paisagistica, o lado que dá para a 25 de Abril vai ser em aço, e o outro em betão!

quintarantino disse...

Este gajo pensa que a vida é só feijoada, francesinhas, leitão e picanha ... e assim por assim, o homem da bata de branco lembrou-se do Chico Buarque e enquanto te mirava de alto abaixo ia trauteando aquela do " ... vai trabalhar, malandro/vai trabalhar, vagabudo ..." ... :)

Tiago R. Cardoso disse...

Lusitano,
de facto ali no Porto já é um exagero.

Isto que se vê, é apenas alguns a tentarem deixar o nome na historia, não interessa quem paga e onde é, o interesse é ficarem como estadistas.

Carol,
está ai e sei como é um ano dele, nem quero imaginar um século.

Não fiques preocupada, todos temos as nossas fixações.

Demasiada francesinha e feijoada ?
Não acho, aliás cá por casa hoje é o dia da francesinha.

Colesterol ?
acho que já ouvi essa frase de alguém que te é próximo.

Tiago R. Cardoso disse...

Joshua,
não acho, o aço que trato não serve para isso, alem disso mesmo que fosse, os fornecedores de materiais para a nova ponte já devem estar definidos.

Antonio,
tens razão tenho de ir trabalhar no duro, enquanto outros trabalham a viajar e de seguida cansados vão viajar de férias.

A ponte é vossa ?
Pois então podem ficar com ela, o pessoal oferece como brinde o Mário Lino para futuro administrador da empresa que a for gerir.

Tiago R. Cardoso disse...

Quintarantino,
gosto da sexta a tarde, é dos dias onde se trabalha mais, onde o suor é muito, chega-se a sair lá do local com a camisola toda transpirada.

Por acaso não é só disso que se vive, temos a bela da chanfana, o cozido à portuguesa, o vitela assada, a alheira, a bifana na grelha...

Venho já, fiquei com fome.

António de Almeida disse...

-O caminho mais rápido para descridibilizar uma obra, neste caso a travessia Chelas-Barreiro, é colocarem Mário Lino a apresentar o projecto. Só faltaria, no próximo governo, que será do PS, a questão é com ou sem maioria, que este sr continue governando. De resto, como já afirmei, não acredito na urgência desta obra, que não resolve o problema do congestionamento da Pte 25 de Abril, porque não retira qualquer tráfego do concelho de Almada.

Blondewithaphd disse...

Eu chamo a isto o segredo de Polichinelo! Mas quem é que ainda não sabia?

Sniqper ® disse...

Por vezes é complicado entender o que vai na mente do ser humano!
Mistura-se feijão com cerveja, acompanhado de um belo telejornal e claro dá no que dá, em nada!
Porque será que tudo o que se faz neste pais está errado, será moda criticar ou é simplesmente analisar?
Andamos aqui a navegar num mar de merda, que é o termo apropriado, e da grossa, os homezinhos cheios de boa vontade fazem mais uma ponte para não cagarmos os pés e pimba lá está o pessoal a dizer mal!
Quando será o dia em que algum desses partidos atulhados de mentes pensadoras, ou melhor de génios da governação acerta numa medida em que o pessoal fique satisfeito!
Enfim, faz parte do dia a dia ir dizendo umas coisitas, dando uma no cravo outra na rosa e deixando a vidinha correr, afinal temos de sustentar a família, mais nada.

Zé Povinho disse...

Até às eleições vamos ouvir muitos anúncios repetidos, de obras que se pensa vir a fazer, de obras que se irão fazer, da decisão preliminar, dos estudos encomendados, do resultado dos estudos, da decisão política, da discussão pública, do relatório de impacto ambiental, de mais discussão e dos respectivos esclarecimentos, da abertura do concurso... . Raios, ainda nem foi anunciado o vencedor do concurso e eu já estou cansado de tanto ANÚNCIO!...
Pró ano temos eleições, Tiago.
Abraço do Zé

antonio disse...

O passeio (de férias pagas pela empresa) foi adiado...

Fa menor disse...

Tiago sofre!...

Não, não sofras... não vale a pena!