Meu caro Sócrates, deixa-me agradecer-te...

Caríssimo José Sócrates, ilustre amigo

Como tenho notado todos os dias um ataque a ti e ao teu governo, seja nos média, seja aqui pela blogosfera, resolvi escrever esta missiva com o objectivo de agradecer o que tens feito.

Já fui acusado muitas vezes de ser bota-abaixo, que escrevo para dizer mal e não para levar problemas à discussão (pelo menos é o que dizem aqueles que não leram os meus textos sobre o ambiente), e por isso sei o que é sofrer na carne a maledicência, resolvi que seria a altura de dizer bem. E em pública forma.

Por isso, quero agradecer o enorme trabalho que tens feito, a forma excelente como tens dirigido o nosso País, o nosso querido e amado Portugal; só não vê quem não quer que estarmos quase a chegar à "utopia", perto do paraíso de Sócrates.

Quero agradecer por teres visto um oásis onde o teu Mário Lino, nosso ministro das Obras Públicas, viu um deserto.

Tu, que do alto da tua tribuna, dizes que não aceita lições de Esquerda de ninguém, muito menos desses que te tentam ultrapassar pela Esquerda.

Tu que te levantas todas as vezes no Parlamento e de forma original dizes sempre : "Os senhores quando estiveram no Governo, porque é que não o fizeram? "

Tu que te sentes injustiçado, que és enxovalhado pelas ruas, na boca do povo, que encostado ao balcão, não compreende a tua visão.

Tu que conseguiste apertar tanto o PSD de Filipe Menezes, que aquele, de tão apertado, passou para a tua esquerda.

Tu, nosso "líder espiritual", que foste abandonado por esses ingratos ministros, que se demitiram por questões pessoais, tu que tens o Governo que tens, tu que aguentas e te mantens firme no comando.

Tu que tens o Cavaco Silva sempre a olhar para ti, que tens um partido a aplaudir-te e um Manuel Alegre sentado, tu que és a luz, o farol que guia este nosso barco, no nevoeiro deste mar europeu.

Tu que gritastes "porreiro, pá", que bebestes o néctar dos conquistadores, que lançastes a tua lança em África, que recebestes tiranos e ditadores, e que foste homem suficiente para colocar o Dalai Lama no lugar dele.

Tu que esperas por 2009 para servires o néctar dos deuses ao povo, que nessa altura compreenderá tudo aquilo que se passou e tudo o bom que fizestes, ai o povo serenamente abrirá os olhos e dar-te-á o leme outra vez.

Tu que és o Primeiro-Ministro de Portugal,

Simplesmente obrigado,

Tiago Cardoso

45 comentarios:

antonio disse...

Muito bem! O bom filho à casa do pai torna.

Olha por esta pagas o próximo jantar!

Manuel Rocha disse...

Tiago !

Acabo de lhe descobrir a careca !

O seu nick jornalistico é Comendador Marques de Correia !!!

::)))

António de Almeida disse...

-Tiago, esta carta, ironicamente muito bem escrita, é impossivel de comentar. Deixe-me que lhe diga, gostei!

quintarantino disse...

Eu li, leio, reli, releio ... e estou baralhado ... tu, Tiago, afinal és socrático ou não és?
E tratares assim o Primeiro por tu?
Se o homem cisma, fecha-nos o tasco...

aryanalee disse...

Penso que não devo ter apanhado...ou será porque estou com um olho ao peito e não li as entrelinhas!!
De qualquer forma.....muito bem Tiago.

Carol disse...

Oh, Tiago, o menino tá parvo?!
Então, agora deu-lhe para tratar Sua Excelência, o Senhor Engenheiro e Primeiro-Ministro José Sócrates, por tu?!
O menino não tá bem, com certeza...
É que nem quero imaginar o que vai acontecer! Os senhores polícias ainda vêm aqui pedir-nos as identificações a todos. E, ainda por cima, temos a mania de falar inglês... Ai, isto vai dar chatice...


Agora, a sério. Olha, nem tenho palavras para te comentar hoje... (Como deu para perceber na pequeníssima introdução que fiz).

Mas, prometo que um dia destes revelo ao mundo o porquê desta visão tão diferente que o srº Primeiro-Ministro tem de Portugal... Nem vos passa pela cabeça!

Adorei o tom sarcástico deste post.

jo ra tone disse...

"Nectar dos conquistadores"?
Façamo-lo é engolir o néctar que eu cá sei!
CICUTA!CICUTA!
Antes que ele no-la dê a beber a nós.

antonio disse...

Sem dúvida uma bela carta de amor...
Tiago não se preocupe, fez bem em assumir a sua veia socratina.

Para quando um diploma? Vai também optar pela engenharia?

Tiago R. Cardoso disse...

Antonio,
Ando a pensar antes num almoço.

Manuel Rocha,
Careca ?
Não, por acaso ao contrario da linhagem familiar, cabelo é que não me falta.
Comendador ?
Não, o único que conheço anda sempre de preto e não gosto, tinha de aprender o sotaque.

António de Almeida,
Obrigado, um prazer ver todos os dias o amigo a participar neste lugar, como é um prazer para mim visitar o seu local.

Tiago R. Cardoso disse...

Meu amigo Quintarantino,
então quem é que não é adepto de um visionário ?

Aryanalee
Olho ao peito ?
Espero que não tenha sido nada de grave, as melhoras.

Carol
Quando se escreve uma ode a quem olhamos debaixo devemos tratar por tu, neste caso significa admiração.
Obrigado amiga.

Tiago R. Cardoso disse...

Jo Ra Tone,
Se calhar à muito que já bebemos e tão adormecidos que estamos que nem notámos.

António,
Existem momentos na vida que temos de nos revelar.
Diploma ?
Por acaso anda a pensar numa forma "criativa" de tirar um...

SILÊNCIO CULPADO disse...

Tiago
Penso que se o bota-abaixo e o dizer mal são em tudo condenáveis, uma crítica construtiva ajuda a corrigir o que está mal e a consciencializar os visitantes para os problemas existentes confrontando-os com diferentes formas de olhar. Com civismo, e uma boa capacidade de tolerância, poderemos concluir da legitimidade de diferentes posições sem entrarmos no confronto violento que é, em tudo, inaceitável.
Ninguém muda de opinião só porque quem tem uma ideia contrária insiste em a fazer prevalecer e, antes pelo contrário, ficará revoltado com a imposição que se pretende fazer e rejeita, de imediato, quem a faz e o produto que encarna.
Nós estamos aqui para aprender e para aprender a conviver.
Relativamente à política é sempre um tema fracturante. Porém não temos que criar espírito de clubismo e dar com a cachaporra sempre que alguém pretende mostrar outra visão das coisas.
Relativamente ao PM, José Sócrates, há medidas com as quais concordo e há medidas com as quais discordo. E são sobre estas últimas que, normalmente, centro a minha escrita porque é o que sinto que está mal que entendo que deve ser corrigido.
Os nossos políticos e dirigentes, na sua grande maioria, têm contribuído para que o País se afaste dos países mais desenvolvidos. E estamos na cauda em muita coisa. E não melhorámos e a prova é que ainda descemos um lugar no último ranking do PNUD.
Também dou uma lista de medidas, em meu entender, meritórias que o actual governo tem tomado. Porém, globalmente, para mim é negativo. Votarei branco. E continuarei a apontar o que sinto que é injusto.

mac disse...

Falta ainda agradecer a forma como contribuiu para o prestigio da profissão de engenheiro e para o prestigio do ensino privado; como a saude e educação tem sido revolucionada; o poder de compra tem sido alterado. Enfim...tanta coisa para agradecer...

MIMO-TE disse...

Tiago,

Grande criatividade e excelente imaginação :) Gosto disso, levanto-me e aplaudo-te de pé!!!


Bjo
Mimo-te

Zé Povinho disse...

Haja quem encontre modo de elogiar o sinhor inginheiro, porque até para isso tem de se cavar bem fundo.
Abraço do Zé

Blondewithaphd disse...

Irony at its best! I surrender!

indomável disse...

Caro Tiago,

É realmente de agradecer... Estamos numa das melhores épocas da nossa Republica. No ano do centenário do regícidio e fazendo as contas às mudanças, este foi o melhor governo que tivemos nos ultimos 100 anos, não desfazendo no do sr. Salazar, é claro!

Sócrates amigo, volta que o povo está contigo... (not!)

Tiago R. Cardoso disse...

Lidia,
perfeitamente de acordo, no entanto considero que isto de blogues não deve ser só um debitar de informação e deixar o resto à consideração de quem lê, temos, como tu dizes, de dizer o que vai mal, daquilo que discordamos e naquilo que acreditamos.
Evidentemente que algumas politicas do Sr. Sócrates são interessantes, no entanto tem conseguido esconde-las por detrás de um conjunto de confusões politicas.

Mac,
tem razão, mas se eu tivesse escrito mais "agradecimentos" o texto nunca mais acabava...

Mimo-te
Obrigado, mas quem me dera ter a mesma capacidade que tu para a escrita...

Tiago R. Cardoso disse...

Zé Povinho,
Por acaso até foi fácil, o amigo já viu o que ele tem feito, ainda hoje soube-se que é de facto um grande projectista, pelo menos foi o que disseram...

Blondewithaphd,
Obrigado colega,
pelo texto nota-se que eu também me rendi...

Indomável,
Vistas as coisas nessa perspectiva, eu acredito sim, que à cem anos não tínhamos um governo tão bom...

Camarada Choco disse...

Divulgação

Um Blog ,dois livros!

www.camaradachoco.blogspot.com

“Camarada Choco”

e

“Camarada Choco 2”
António Miguel Brochado de Miranda
Papiro Editora

Papelaria “Bulhosa” Oeiras Parque, Papelarias “Bulhosa”, FNAC ou www.livrosnet.com

Tema: Haverá uma fronteira entre os Aparafusados e os Desaparafusados?"

Filmes de Apresentação no “Youtube” em “Camarada Choco”

sol poente disse...

O SOL POENTE agradece, ao Notas Soltas, a adesão, ao logo HIV, mas informa que o símbolo oficial para os blogues é o que consta do SOL Poente (o coração).
E já agora, peço ao Tiago que, nos seus elogios ao Senhor Primeiro Ministro, não esqueça os portadores de HIV.
Abraço

Tiago R. Cardoso disse...

Camarada Choco,
Uma entrada um pouco publicitária, mas mesmo assim, saudações camarada.

Sol Poente,
Situação do símbolo já se encontra corrigida.

Como já foi referido, nós estamos sempre dispostos a abraçar causas, que como esta, sejam realmente revestidas de grande importância e significado.

Pois eu até gostava de continuar com os "elogios", mas como disse são tantos que o texto nunca mais acabava.

Tó-Zé disse...

Bastante criatividade. Gostei

Abraço
Bom fim de semana

NINHO DE CUCO disse...

Tiago
Vou começar com um pequeno esclarecimento relativamente ao facto de comentar com 4 nicks diferentes. Podia fazer 4 comentários com o mesmo nick mas como tenho 4 blogues (Silêncio Culpado,Moendo Café, Valores Portugueses e Sol Poente) quase todos em parcerias, e com linhas editoriais distintas, gosto de usar os nicks que lhes correspondem. Tanto tu como o Quint são meus visitantes e gosto de retribuir as visitas dentro do espirito de cordialidade que também pratico na vida real.
Relativamente às opiniões sou defensora da pluralidade e das vantagens de compararmos diferentes pontos de vista.
Também me parece legítimo que qualquer informação venha acompanhada da visão particular de quem a transmite. Já não me parece tão curial que haja quem se sinta atingido e reaja emocionalmente.
Relativamente ao nosso Primeiro Ministro continuo a achar que o que está em causa não é a figura dele em si mas a incapacidade dos governos de fazerem sair Portugal da cauda da Europa.
Um abraço
Lídia Soares

NuNo_R disse...

Ó Tiago, deu-te alguma maluqueira ou é por o fim de semana estar á porta?! eheh

BOM POST!

Agora se o "homem" afinar, tens de levar com "ele" eheh


abr...prof... bfds

Compadre Alentejano disse...

Por menos escrita e louvor já outros foram a ministro. É só ver a cambada que lá está para se fazer uma avaliação...formal ou informal...
Pois é, este SÔ ZÉ, que nos está a pôr o cabelo em pé, tyerá que ir para o lugar onmde estava e que nunca devia ter abandonado: eng. tèc. da Câmara Municipal da Covilhã, a fazer projectos de habitações sobre lojas de vacas sem drenagem de esgotos...é o máximo!
Hoje, vou colocar alguns casos destes no meu blog.
Um abraço
Compadre Alentejano

NÓMADA disse...

Tiago, meu querido falas tão bem que te junto mais este extracto de noticia para os teus agradecimentos ao nosso PM.

"Cinco em cada seis ATL estão em sério risco de fechar as portas. A maioria dos centros de Actividades de Tempos Livres (ATL) está a ponderar fechar as portas ainda este ano, em grande medida devido à redução do financiamento estatal. Com cortes que podem atingir os três milhões de euros, as instituições alertam para o perigo de deixar na rua milhares de crianças, ao mesmo tempo que seis mil trabalhadores correm o risco de ir parar ao desemprego.
O prolongamento do horário das escolas do primeiro ciclo e a anunciada redução do financiamento público atribuído aos ATL abriu uma guerra entre o Governo, de um lado, e as Misericórdias e Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), do outro."
Eu também estou de acordo que se deve acabar com o ATL e em contrapartida incentivar o LTA (Latrocíno, Tudo Alcança).
É um curso que se tira na rua a roubar carteiras.

Rui Caetano disse...

Ironia da fina, mas nem tudo é mau.

Tiago R. Cardoso disse...

Tó-Zé,
Obrigado, Bom Fim de semana.

Lídia,
Podes estar sempre à vontade, sabes como aprecio a tua participação e opinião.
Em Parte é também a figura, porque se calhar com um postura menos altiva conseguiria "lixar-nos" na mesma mas nós nem ligaríamos tanto.

Nuno_R,
Maluqueira ?
Não amigo profano, apenas reconheço um estadista, quer dizer ainda tento reconhecer.
Obrigado, brevemente terás noticias nossas.

bluegift disse...

Desculpa, mas não resisti a complementar o teu post com uma letra da Carly Simon:

"Nobody does it better, makes me feel sad for the rest,
Nobody does it half as good as you, baby, you're the best.
I wasn't lookin' but somehow you found me.
I tried to hide from your love light,
But like heaven above me, the prime minister who loved me,
Is keeping all my money safe tonight.

Nobody does it better, sometimes i wish someone could.
Nobody does it quite the way you do. did you have to be so good?
The way that you hold me, whenever you tax me,
There's some kind of magic inside you,
That keeps me from runnin', but just keep it comin',
How'd you learn to do the things you do?

And nobody does it better, makes me feel sad for the rest.
Nobody does it half as good as you.
Baby, baby, baby you're the best!"

Diz lá se não combina bem, eheh...

Tiago R. Cardoso disse...

Compadre Alentejano,
Amigo Compadre, pois foram para ministros e quando viram a casa a abanar puseram-se a mexer.
Faz bem em colocar esses casos lá no seu blogue, já estou habituado a ir lá e ver preto no branco as coisas e de forma bem explicada.
Um abraço.

Lídia/Nómada,
E tínhamos tantos "agradecimentos" para escrever, espero sinceramente que nunca percamos a força para os continuar a escrever aqui na blogosfera e lá fora na sociedade.
Mais uma vez obrigado pela tua participação e opinião.

Rui Caetano,
Tem toda a razão, nem tudo é mau,algumas politicas são bastante interessantes, o problema é que o mau tem sempre tendência a sobrepor-se ao bom, ainda por cima se o mau for mesmo muito mau.
Obrigado.

Tiago R. Cardoso disse...

bluegift,
A colega tem toda a razão, se o NOTAS SOLTAS tivesse musica de fundo, penso que se enquadrava na situação.

Peter disse...

P... também o que é que querem que o homem mais faça?

Manuel Rocha disse...

Leigo nestes assuntos, fica-me uma tremenda dúvida no comentário que li sobre os ATL.

Resume-se assim:

Os ATL fecham porque não são financiados embora tenham "clientes", ou fecham porque ficaram sem "clientes" em consequência da dilatação de horários no 1º ciclo ( pelo que não se justificaria continuarem a ser financiados )??

Se alguém souber esclarecer-me, desde já o meu obrigado !

Tiago R. Cardoso disse...

Peter,
Sinceramente não sei...

Manuel Rocha,
Sinceramente também não sei, não li o desenvolvimento da noticia.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Relativamente à notícia sobre os ATL´s ela vem em vários orgãos de comunicação social para quem se quiser inteirar a fundo.
Tanto quanto me é dado saber o prolongamento do horário escolar é o pretexto para o fecho dos ATL´s. Porém esse prolongamento nem sempre se verifica em todas as situações em que os ATL´s fecham. Estive a falar com uns pais trabalhadores que não têm com quem deixar o filho de 8 anos que ficou privado de ATL e que termina as aulas às 15H-00M.
Lídia Soares

Tiago R. Cardoso disse...

Lídia,
Agradeço o esclarecimento e contribuição para o debate.

Manuel Rocha disse...

Muito obrigado Srª D. Lidia Soares pelo esclarecimento, embora lhe deva dizer que à priori os orgãos de comunicação social não seriam a minha primeira escolha para me inteirar a fundo do que quer que fosse, enfim, desconfianças com alguns bons fundamentos...

Prefiro analisar estas questões com os quantitativos das duas fontes originais e respectivas razões, por mera precaução...

ANTONIO DELGADO disse...

Deixo a minha assinatura a este belo momento de humor e no seu melhor.

Um abraço
António Delgado

SILÊNCIO CULPADO disse...

Sr.Manuel Rocha
Conhecendo-o como o conheço compreendo que sejam legítimas as suas preocupações mas não me parece que, para comentar o Notas, necessite duma investigação em que apure o rigor das fontes e me ponha a fazer cruzamento de dados.
Agradecendo a deferência que tem para comigo subscrevo-me com toda a estima e consideração
Lídia Soares

Tiago R. Cardoso disse...

António Delgado,
Agradeço a sua assinatura, faz-se o que se pode.
Um abraço e obrigado.

Fragmentos Culturais disse...

Muito sensibilizada pelos teus olhares sempre atentos e amistosos em 'fragmentos'!

Há momentos de silêncios... muitos!

Um abraço

Tiago R. Cardoso disse...

Fragmentos Culturais,
Eu é que agradeço pelos excelentes momentos que coloca lá no seu blogue.

Pata Negra disse...

Ele foi obrigado pelos poderosos a fazer o que fez, nos somos obrigados a aguentar com o que ele fez. Eles são os ricos, nós somos os pobres, ele é o instrumento.
Viva o instrumento!
Um abraço de mãos livres

Tiago R. Cardoso disse...

Pata Negra,
Nós não somos obrigados aguentar, temos é uma tendência a ter memoria curta.